Rede Pop

  Assine nossa lista de discussão

Notícias

Premiação do Prêmio Victor Valla em Educação Popular

O Prêmio Victor Valla de Educação Popular em Saúde acontece desde 2010 e tem como objetivo fortalecer as iniciativas neste meio. Envolve ações de movimentos populares, trabalhadores e gestores de ensino, pesquisa e extensão em Educação Popular.

No dia 10 de outubro aconteceu a cerimônia de premiação da 2ª edição do Prêmio Victor Valla de Educação Popular em Saúde. Foi organizada pela Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa (SGEP), em parceria com o GT de Educação Popular da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO), na tenda Paulo Freire do 7º Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde da Abrasco. Os premiados foram aqueles que ficaram em primeiro, segundo e terceiro lugar nas quatro categorias do prêmio: Textos Artísticos; Produções Audiovisuais; Narrativas e Relatos; e Pesquisas e Sistematizações.

Categoria Textos Artísticos
Em terceiro lugar ficou o trabalho Viver mais e melhor: entre encontros e trocas , de Elciana Roque de Sousa Andrade. Em segundo ficou Errologia- Meu erro é o Português, de Clélio Braz Souza e Thalyse Santana Pereira. O vencedor do primeiro lugar foi Educação, População e Revolução: O Ensino Médico em transformação, de Danilo Borges Paulino.

Produção Audiovisual

O terceiro lugar ficou com Xokleng: os que caminham para o sol na aldeia do conhecimento branco, de João Luiz Gurgel Calvet da Silveira; Nandja Schirlei da Rocha; Caio Namblá; Karla Ferreira Rodrigues; Maria Urania Alves; Luis Fernando Tenfen. Em segundo, Samba e Saúde na Terceira Idade, de Maria José Lúcio. Em primeiro lugar ficou Saúde Mental e Cultura Popular: vôos do grupo Maluco voador, do grupo Maluco Voador.

Narrativas e relatos

Os premiados na categoria foram premiados os trabalhos: Em terceiro lugar, Depoimento: Conhecendo a memória e a historia de uma militante do ANEPS/MOPS da Paraíba: Palmira Sergio Lopes , de Palmira Sérgio Lopes, Íris de Souza Abílio; Pedro José Santos Carneiro Cruz; Francisco do Nascimento; Jocineide Maria Cajueiro; Rebeca Linhares de Oliveira. Em segundo, A Educação Popular na construção Saúde do Campo: do sonho à atuação dos protagonistas da Residência Multiprofissional em Saúde do Campo, de Paulette Cavalcanti de Albuquerque e em primeiro, Projeto Memórias da Vila Dique: entre o Transitório e o Permanente, de Maria Amélia Medeiros Mano.

Pesquisas e Sistematizações

Em terceiro lugar, Territórios em Ciranda: desvelando potências e expandindo olhares para a formação de Educadores Populares em Saúde, de Giane Elisa Sales de Almeida. Em segundo, Tendas do Afeto Popular: a experiência (ação) de uma prática de cuidado no Extremo Sul do Rio Grande do Sul , de Michele Neves Meneses; Bruna Abbud da Silva; Marcos Aurélio Matos Lemões; Roberta Antunes Machado; Liamara Denise Ubessi; Neidi Regina Friedrich; Isabella Pereira Cardoso; Gicelda Mara Ferreira da Silva; Greyce Macieiro; Vanilda Pereira da Silva. Em primeiro lugar, Mulheres Camponesas Plantando Saúde, Semeando Sonhos, Tecendo Redes de Cuidado e de Educação em Defesa da Vida, de Vanderléia Laodete Pulga.
Veja a matéria completa sobre a cerimônia de premiação: http://bit.ly/2eUKqln.

Fonte: portalsaude.saude.gov.br/

Fonte: portalsaude.saude.gov.br/

Fonte: portalsaude.saude.gov.br/

Fonte: portalsaude.saude.gov.br/

 

Compartilhar


Comentários


  • Eymard Vasconcelos disse:

    os trabalhos premiados podem ser vistos clicando sobre seus nomes em azul.
    Grande parte dos trabalhos foi de pessoas que não estavam muito próximas à organização do movimento da educação popular em saúde. Foi muito bom conhecer tanta gente nova.








Comente pelo Facebook